Gateiros

sábado, 4 de julho de 2009

2

Bixano na literatura



"Gato gato gato
Gato — leu no silêncio da própria boca. Na palavra não cabe o gato, toda a verdade de um gato. Aquele ali, ocioso, lento, emoliente — em cima do muro. As coisas aceitam a incompreensão de um nome que não está cheio delas. Mas bicho, carece nomear direito: como rinoceronte, ou girafa se tivesse mais uma sílaba para caber o pescoço comprido. Girafa, girafa. Gatimonha, gatimanho. Falta um nome completo, felinoso e peludo, ronronante de astúcias adormecidas. O pisa-macio, as duas bandas de um gato. Pezinhos de um lado, pezinhos de outro, leve, bem de leve para não machucar o silêncio de feltro nas mãos enluvadas. "


Encontrei no orkut e axei muito linda! Não sei de qual livro pertence, se alguém souber me avisa!

2 comentários:

Gisa disse...

Também não sei, mas é mesmo linda; só não consegue ser mais linda que a gatinha da foto: que fofura! Bjs

Liôa disse...

é minha Skolzinha!! Obrigado pela visita Gisa!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...