Gateiros

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

7

Crueldade Humana

Parece q ontem foi "Ô" dia, indo para minha lan house encontro no caminho uma pombinha, que corria e ñ voava, achei tão estranho q resolvi pega-la, ela ate correu, mas por um motivo "humano" ela ñ conseguiu fugir de mim, ao pega-la olhei logo para as patinhas, e lá estava o motivo "humano" um tufo de cabelo, q prendia e privava seus movimento, uma vez ouvi uma história de ñ jogar cabelo pela janela, pois passarinhos ficavam presos neles, e eu pude ver com meus proprios olhos, assim q consegui desenrrolar percebo q tem algo estranho no lado de sua cabecinha, olhando direito o que vejo? Um buraco! Sim, um buraco, provavelmente vitima de "baladeiras" (estilingue), maldade, quanta maldade, soltei e ela ñ voou, provavelmente por causa do machucado, e certeza q ñ voara, e morrera por conta disso... raiva!
Chegando na lan house, cá estou eu em meu PC quando escuto um barulho, quem mora em Fortaleza, sabe q a Av. Santos Dumont é umas das mais movimentadas da cidade, e nela onde eu trabalho, seguido do barulho alguem grita "Carol! O Cachorro" é tão estranho, seu eu pudesse descrever o que sinto nessas hrs... axo q palavras ainda ñ foram inventadas!
Corro para fora, e lá esta ele, um cachorrinho de porte medio, caramelo, sentado no meio da avenida, no sol quente, passo na frente dos carros e fica eu e ele no meio da avenida, eu só escutavan "Ñ PEGA NELE! Ñ PEGA NELE" ñ por maldade, mas um animal com dor, vc ñ sabe o que esperar, e eu precisava tira-lo de lá, fiquei gritando por uma vassoura, dali eu ñ saia sem ele, até q me entregam uma, e tentei fazer tipo uma alavanca para ele se levantar e sair dali, e ficava imaginando "o que farei depois com ele? para onde levarei?" Sua boquinha estava aberta e sangrando muitos, todos, eu disse TODOS os seus dentinhos tinham sido quebrados, os caninos estavam como que ao contrario em sua boquinha, me doeu o coração, quando de repente ele se levanta e vai... vai embora... se desvia dos carros e pega seu rumo... eu continuava olhando ele, como eu queria ter dinheiro e um carro nessas horas!
Pior de tudo, que sei, tenho certeza q ele quebrou a mandibula, provavelmente ira morrer de fome.... ô dó! ô maldade!!!


Obs.: Como escrevi esse texto ontem para postar hj, quando vinha para a lan house, com quem eu me deparo? O cachorrinho! Q na verdade descobrir ser uma cachorrinha ^^, ela parecia bem, seus dentes quebrados continuavam no lugar, ou seja, axo q de fome ela ñ morre, e ela ñ quebrou a mandibula! Ñ pude me aproximar muito dela, pois ela ñ demonstrou reação ao me aproximar, ñ queria estressa-la, mas ela estava BEM! Alegrou meu dia!

7 comentários:

Veronica Gregório disse...

Que dó!! Como algumas pessoas podem fazer tantas crueldades com umser que não pode se defender? Mas pelo menos a cachorrinha, conseguiu seguir em frente.

Lizandra disse...

Poxa, dias assim nos deixam realmente tristes, pelo menos no final do texto pude ter um pouco de alegria, pois a cadelinha está melhor, mas cada vez gosto menos dos humanos(muitos).

Lizandra disse...

Ah, esqueci de colocar no outro comentário: O Mião é o 3° mascote do mês do Blog dos Gatos, tem uma postagem sobre ele lá no blog, beijos!

Lizandra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lizandra disse...

Carol, posso pegar uma foto do Mião para capa do blog ?
Os mascotes são capa do blog 1 vez.

Fabiana disse...

É, aki na minha cidade não existem abrigos... eu e as voluntárias qd dá recolhemos um ou outro e depois doamos castrado, mas isso são 15 em uma cidade de interior já conseiderada grande, é foda... é muito animal na rua, muito mesmo, e as pessoas não tem consciência de q os animais sentem dor, q tem sentimentos etc. Isso me dói tb, tem horas q dá até vontade de desistir, mas não posso, não consigo!

Parabéns pela atitude!

Bjosss no coração

Mico, o Gato disse...

ahi k triste :(

infelizmente é o que mais há nesse mundo.. falta de consideração pelos animaiszinhos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...