Gateiros

quarta-feira, 23 de junho de 2010

7

7 comentários:

Gisa disse...

Que depois da curva exista um mundo novo, repleto de alegrias, são os meus desejos. Fica bem amiga. Beijos

Hamanndah disse...

Ui, me dá uma agonia ver um bebê indefeso sozinho, ainda por cima numa liha de trem.
Bjs

Veronica Gregório disse...

Muito linda essa foto!!
Beijos

Arte dos Gatos disse...

Essa foto é realmente linda, mas não sei porque me dá um nó na garganta, uma tristeza, acho que é de ver o bichinho sozinho.
Sei que quis passar o seu estado de espírito através da foto, mas tudo vai ficar bem, você vai ver! O tempo cura tudo.
Beijinho e se cuide. Te adoro viu?!

Lizandra disse...

A foto é linda, mas dá agonia ver esse gato andando sozinho perto de uma linha do trem.

Hamanndah disse...

Carol,

esta foto me lembrou algo que me incomoda e quero partilhar com voces, que tambem amam gatos.

Meus tres gatos eu deixo em casa com, no maximo, o portão para o quintal aberto, para tomarem sol, só que as vezes tenho que deixá-los trancados em casa ,mesmo, quando eu sei que vou demorar para voltar e meus parentes me criticam, dizendo que meus gatos sofrem tolhidos de liberdade.

Mas, Carol e outros, voces hão de concordar comigo que animais são mais fragéis do que crianças. Eu, por exemplo, perguntei a minha cunhada, que critica eu deixar os "meninos" sem liberdade, se ela deixaria minha afilhada de 16 anos ir a balada sozinha? Ela disse não, sem pestanejar, então eu falei a ela que meus gatos são mais frageis do que a minha sobrinha adolescente e se ela não deixa a filha dela ir a balada sozinha, porque eu deixaria meus gatos na rua sozinhos?

O pau que dói em Chico dói em Francisco, voces concordam?

Me irrita muito ouvir pessoas dizendo que eu faço mal a meus gatos prendendo-os, mas eu já tive, no total, mais de 10 gatos(naõ ao mesmo tempo, pelo amor de Deus), gatos que morreram e gatos que chegam na minha casa e ficam, como os tres ultimos que eu tenho agora. Apenas duas vezes eu peguei filhote de gato de uma pessoa que estava doando para adotar, todos os meus outros gatos vieram da rua, vieram para minha casa e eu os adotei, alem dos muitos que eu arranjei lar.

Ora, eu já perdi mais de um gato para a rua, não sei o que ocorreu com eles e isso me machuca muito, mas minha cunhada e meu irmão não conseguem entender que eu prendo meus gatos pra eles não sofrerem como esses sofreram, eu prendo por amor, mas as pessoas quando sabem que prendo meus gatos em casa, dizem que é maldade minha, como dizem que é maldade minha eu tê-los castrados.

Quando nós, que amamos animais, vamos ser compreendidos que protegemos e prendemos em casa por amor?

Se minha cunhada e meu irmão se arrepiam na possibilidade de minha afilhada de 16 anos ir numa balada, ela, que fala, ela, que pode gritar por socorro, ela, que é protegida pela policia, porque então eles não entendem que eu tambem não quero meus gatos na rua que, aliás, são muito mais fragéis que minha afilhada adolescente?

Muito chato ser tão criticada até por pessoas da minha familia, por eu proteger tanto os meus gatos. Se eu os super protejo, razões de sobra não me faltam.

Hamanndah disse...

Querida Carol,

Obrigada por tem comentado no meu blog

Respondo por aqui mesmo:

Na verdade, dos tres gatos, apenas um, que é raceado com gato do mato, saía muito a noite para caçar ratos e pequenos animais, mas mesmo este agora, quando eu deixo ele sair agora, é de manha e vou atrás dele, pagando mico de segurança de gato, mas é melhor assim

Os outros dois gatos ficam felizes de tomar banho de sol no quintal, principalmente o mais velho que é super acomodado, eles tomam banho de sol no quintal, eu só os prendo mesmo quando fico muitas horas na rua, mais por causa do outro, o preto que é meio selvagem, pois este consegue pular o muro do quintal, que é alto, é o unico que consegue, para descer no quintal do vizinho e pegar a rua

Dia desses eu vou aumentar um pouquinho mais o muro, enquanto isto eu vou ter que bancar a segurança dele(rs,rs,rs)

bjs
Hamanndah

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...